Share

O que deveria ser levado em consideração no momento de escolher um “bom produto”? Quais são as características que você deve buscar para definir a qualidade de qualquer conector ou de um cabo de conexão? Para estimar a importância de um produto compatível com as normas, em primeiro lugar há que entender o processo de como se faz realmente uma montagem de conectores de fibra óptica e os possíveis problemas que poderiam surgir em cada uma das etapas. Há três processos principais na terminação de um cabo de conexão: Preparação, Terminação e Polimento (Figura 2) e m total de 15 pequenos passos nos quais a negligencia em qualquer um deles, pode levar a um cabo de conexão inferior. Cada processo se compõe de pequenos passos, e cada passo precisa de um estrito controle de qualidade, não só do equipamento utilizado, mas também no procedimento de cada passo. É por isso que vamos separar estes processos até seus passos fundamentais e ver os possíveis problemas de qualidade. Como exemplo, o processo descrito aqui corresponde à terminação de um conector cujo revestimento do cabo de 3 mm está reforçado com Kevlar.

Preparação do cabo de fibra
1. Tirar o revestimento externo do cabo
2. Recortar ao longo as fibras de Kevlar
3. Desencapar o buffer de 900µm
4. Limpar a fibra nua
5.Revisar danos na fibra
6. Misturar duas partes de Cola Epóxi
7. Desgaseificar Cola Epóxi
8. Revisar o ferrolho ID

Terminação do cabo de fibra
1. Injetar epóxi e inserir a fibra
2. Crimpar Kevlar ao poste traseiro do conector
3. Crimpar o revestimento exterior
4. Curvar o conector no forno

Polimento da superfície do extremo do conector

1. Cortadora de fibra
2. Remover o excesso de cola epóxi a mão ou a máquina
3. Polir o extremo

Share

Leave a comment